NÃO

MOV

RECESSO ESCOLAR . INÍCIO DAS AULAS DIA 31 DE JULHO DE 2017

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Plano de Curso Matemática Ensino Fundamental da 5º a 8º Série da EJA II Módulo II.


PLANO GERAL DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 5º  A  8º SÉRIES
Escola de Ensino Fundamental e Ensino Médio: Raimundo Gomes de Oliveira
Professor (a). Eticildo Lopes de Oliveira                                                                             
Disciplina:  Matemática                                           Turma: EJA.EF II                      Ensino Fundamental               de 5º  A                                                                                                                               Sala  02
CONTEÚDOS
COMPETÊNCIAS
HABILIDADES
Metodologia
Recursos Didáticos
Avaliação
Tempo previsto
  1. Historia da Matemática:
Somando e Calculando.
A linguagem matemática.
A importância dos instrumentos tecnológicos para compreender o mundo.
Matemática dos povos da Floresta.
Matemática e as profissões.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  1. Bases e sistemas de numeração
Sistemas de numeração Hindo-Arábico. Egipcio, babilônico, grego, Maia e Romano.
 
  1. Utilizando diferentes técnicas para a resolução de problemas.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  1. Histórias dos Números.
A origem do zero, dos números fracionários e negativos  
 
 
 
  1. Resolução de problemas usando as operações fundamentais
Idéias associadas às quatros operações fundamentais.
Estimativas arredondamento e resultados aproximado. Algarismo da multiplicação.
Algarismo da divisão
Operação inversa.

 

Compreender a matemática como construção humana, relacionando o seu desenvolvimento com as transformações da sociedade,
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ampliar formas de raciocínio e processos mentais por meio de indução, dedução, analogia e estimativa, utilizando conceitos e procedimentos matemáticos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Construir significado e ampliar o já existente para os números naturais, inteiros e racionais.
 
 
 
Construir significado e ampliar os já existente para os números naturais para os números, inteiros e racionais.
Identificar e interpretar, a partir da leitura de textos apropriados, diferentes registros do conhecimento matemático ao longo do tempo.
Reconhecer a contribuição da matemática na compreensão e analise de fenômenos naturais, e da produção tecnológica, ao longo da historia.
Identificar o recurso matemático utilizada pelo homem, ao longo da historia, para enfrentar e resolver problemas.
Identificar a matemática como importante recursos para a construção de argumentação.  
 
 
 
Reconhecer, pela a leitura de textos apropriados, a importância da matemática na elaboração de proposta de intervenção solidaria na Realidade.
 
 
 
Identificar e interpretar conceitos e procedimentos matemáticos expressos em diferentes formas.
Utilizar conceitos e procedimentos matemáticos para construir formas de raciocínio que permita explicar estratégia para a resolução de problemas.
Identificar e utilizar conceitos e procedimentos matemáticos na construção de argumentação consistente.
Reconhecer a adequação da proposta de ação solidaria, utilizando conceitos e procedimentos matemáticos.
 
 
Identificar, interpretar e representar os números naturais  inteiros racionais.
Construir e aplicar conceitos de números naturais e racionais para tomar decisões de qualquer natureza.
Interpretar informações e operar com números naturais e racionais para tomar decisões e enfrentar situações problemas.
Utilizar os números naturais, inteiros e racionais na construção de argumentos sobre afirmações quantitativa de qualquer natureza. Reconhecer a impressão numérica para avaliar propostas de intervenção frente a problemas da realidade.
 
 
 A disciplina será desenvolvida através de:
- aulas expositivo-dialogadas;
- leitura e resenha comentada de textos (artigos, capítulos de livros e de dissertações) previamente selecionados e referidos à temática da disciplina;
- análise de propostas curriculares, materiais didáticos, relatos de experiência e propostas de ensino-aprendizagem dos números;
- preparação, execução e avaliação de práticas de ensino dos números por grupos de três ou quatro alunos, preferencialmente junto a alunos do Ensino Fundamental, modalidade Educação de Jovens e Adultos;
- seminários de discussão de textos lidos e produzidos pelos alunos;
- seminários de relato e avaliação das práticas de ensino.
Na preparação das práticas de ensino, os alunos deverão evidenciar coerência entre objetivos e estratégias didáticas, justificando suas opções a partir dos subsídios teóricos e análises críticas de relatos de experiências, propostas de ensino ou observações de sala de aula. Leituras complementares serão indicadas como subsídio ao planejamento e avaliação das práticas.
Ao longo do semestre, cada aluno produzirá um relatório do trabalho realizado ao longo do semestre, incluindo as tarefas realizadas, devidamente comentadas, e uma análise das reflexões, elaborações e aprendizagens vivenciadas na disciplina. Além desse relatório individual, cada grupo deverá produzir um relatório documentando e avaliando o planejamento e implementação das práticas de ensino.
 
 
Quadro Branco
Giz
Revistas
Data Show
Internet
A avaliação será de forma continuada, onde o professor fará observação dos alunos que fazem os trabalhos diários, bem como a sua participação durante as aulas – o alunado trabalhara com textos contextualizados onde os mesmo farão grupos para debater os assuntos em pauta conforme o andamento do semestre, farão trabalho individual e em grupo.
 
 
Carga Horária
 
 
180 Horas
 Professor: Eticildo Lopes de  Oliveira                                            Rio Branco –Ac. 04  de março  de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário