MOV

MENUS

FOTO

sábado, 16 de janeiro de 2016

Biografia do Professor Raimundo Gomes de Oliveira.

Biografia do Professor Raimundo Gomes de Oliveira
Professor Raimundo Gomes de Oliveira foi um exemplo de dedicação e compromisso com a Educação do Acre.
  


                                                          Raimundo Gomes de Oliveira – (Raimundo Louro).


O Professor Raimundo Gomes de Oliveira representa um grande baluarte da Educação no Estado do Acre, além de ser o fundador da Casa do Estudante Acreano – CEA, na qualidade de seu primeiro Presidente. Foi Diretor do Colégio Acreano por um período de 32 (trinta e dois anos) consecutivos.


                                                                                       Colégio Acreano.

Apesar de se sentir falta das fontes referenciais que respaldariam o histórico aqui descrito, no processo de revisão e atualização deste documento, serão mantidas as informações levantadas em sua 1ª Edição.

Segundo consta na biografia do homenageado, em 1950 ingressou no magistério, sendo professor de Português na Escola Normal Lourenço Filho, Escola Técnica de Comércio Acreano – ETCA, Ginásio Nossa Senhora das Dores e Colégio Acreano.

Foi Presidente da Casa do Estudante Acreano – CEA, de 1951 a 1954; Fiscal de Ensino e Professor do Instituto Divino Providencia em Xapuri, de 1955 a 1958, Diretor da Escola Normal e Grupo Escola João Ribeiro, em Tarauacá, de 1959 a 1963; Diretor Artístico da Rádio Difusora Acreana em 1963; Diretor do Curso de Extensão ao Ginásio, realizado no Colégio Acreano em 1964; Vice-Diretor do Colégio Acreano, em 1965; nomeado Diretor em 16 de maio de 1966.

Representante do Estado do Acre no 1º encontro de Diretores do Ensino Secundário da Amazônia, realizado em Manaus, de 12 a 21 de janeiro de 1969. Representante da Secretaria de Educação e Cultura e Conselho Estadual de Educação do Acre na IV Conferência Nacional de Educação, realizada em São Paulo no período de 21 a 29 de julho de 1970. Membro da Comissão Organizadora dos Exames de Madureza de 1º e 2º graus, de 1969 a 1971.

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Acre (UFAC), formou-se na 2ª Turma do Curso de Direito no ano de 1970, com um total de 22 formandos. (CARVALHO, 2009, p. 195).

Participou em Brasília do 1º Encontro Nacional sobre o Ensino de 2º grau, realizado no período de 16 a 20 de agosto de 1982, como representante do Conselho Estadual de Educação. Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Acre.

Juiz do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Acreana de Desporto, em 1969, foi também Membro da 1ª Comissão Organizadora do 1º vestibular da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Acre e Membro do Conselho Estadual de Educação de 1976 a dezembro de 1983.

Em 1988 completou 32 (trinta e dois) anos de mandato, e em fevereiro de 1999 deixou a Direção do Colégio Acreano.

Em razão de sua brilhante trajetória profissional, que muito contribuiu com o desenvolvimento da educação acreana, em 22 de dezembro de 2010, o professor Raimundo Gomes de Oliveira, fez jus a mais alta honraria conferida pela Prefeitura de Rio Branco – a Comenda Volta da Empreza – recebendo à homenagem das mãos do Prefeito Raimundo Angelim.

O professor iniciou sua carreira no ensino na década de 1950, ainda no Governo de Guiomard dos Santos, e se estendeu até o ano de 1999, passando pelas escolas: Lourenço Filho, Escola Técnica de Comércio Acreano, Ginásio Nossa Senhora das Dores, Colégio Acreano, Instituto Divina Providência (em Xapuri, de 1955 a 1958), tornando-se diretor do grupo Escolar João Ribeiro (Tarauacá, entre 1959 e 1963).
Em 1965, assumiu o cargo de vice-diretor do Colégio Acreano, para no ano seguinte, assumir a função de Diretor da instituição, função esta que o notabilizou como um dos maiores educadores acreanos. Graças a sua direção, o Colégio Acreano se transformou em uma das principais instituições de ensino do Acre e da Região Norte.
Profissional que amava os valores do ensino, as relações humanas e vivia a missão de educar com seriedade, competência e dedicação, Raimundo Louro deixará saudades e o bom exemplo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário